PM mata o próprio filho para defender a família

Um policial militar que trabalha na ronda escolar de Praia Grande, no litoral sul de São Paulo, matou o próprio filho com três tiros na madrugada desta segunda-feira, 23, para defender a família. De acordo com informações da delegacia sede do município, o PM já prestou depoimento e foi liberado.

Segundo a Polícia Civil, o jovem Vinícius Ferreira Lopes, de 20 anos, que tinha um histórico de comportamento violento e de uso de drogas, chegou em casa por volta de 2 horas, no Jardim Guilhermina, e passou a agredir a mãe e os irmãos mais novos, ameaçando todos com uma faca.

Para conter o filho, o pai sacou uma pistola, mas o rapaz tentou pegar a arma. Nesse momento, o PM atirou três vezes contra Vinícius, que morreu na hora.
Na sequência, o PM, que tem 48 anos, foi até a orla da cidade e tentou se matar, mas a arma falhou. Ele chamou uma viatura da PM e foi à delegacia, onde se apresentou e confessou ter matado o próprio filho.

Segundo o delegado Bruno Lázaro, responsável pelo caso, conforme a lei, houve um crime, mas em um primeiro momento a ação não foi considerada criminosa, pela existência do ato excludente de legítima defesa, cometido em momento de desespero. Um inquérito será instaurado. Estadão Conteúdo

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 8779-3763
Google +

Quem é Júnior Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+