Dilma compara a dificuldade do impeachment com a luta contra o câncer

A presidente afastada Dilma Rousseff (PT), em entrevista a uma rádio gaúcha, nesta quinta-feira (21), comparou o processo de impeachment com o tratamento de um câncer a que foi submetida, além de falar sobre as torturas sofridas quando foi presa política na ditadura militar.

A petista afirmou que "em nenhuma dessas vezes" sentiu "tamanha dificuldade como agora", ao referir que o impedimento é uma "injustiça" cometida no regime democrático e que ela está sendo julgada por um "não crime", de acordo com o UOL.

"Na minha vida toda eu lutei em várias circunstâncias difíceis. Eu lutei na ditadura, e aí obviamente eu acho que para qualquer um dos brasileiros e brasileiras que foram torturados, a tortura é talvez um dos limites da degradação humana. De quem faz [a tortura], mas também é muito, mas muito, ruim pra quem sofre. E eu também enfrentei um câncer", contou Dilma, que complementou: "agora te digo o seguinte: em nenhuma dessas vezes eu senti tamanha dificuldade como agora".

Ela fez as declarações ao responder a um dos entrevistadores da rádio Pampa, do Rio Grande do Sul, sobre seus sentimentos em relação ao período vivido. Notícias ao minuto

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Sávio Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+