Polícia diz que frentista colaborou com assalto que tirou a vida de empresário

Um frentista do posto de combustíveis do empresário Marcone Morais, morto na segunda-feira (11) durante uma troca de tiros em uma agência bancária no bairro do Bessa, em João Pessoa, foi apontado pela polícia como o responsável por passar informações privilegiadas para os suspeitos do latrocínio, de acordo com o superintendente regional da Polícia Civil, Marcos Paulo Vilela. O frentista e outras duas pessoas foram presas suspeitas do crime. Os três foram apresentados na manhã desta quarta-feira (13), durante uma entrevista coletiva na Central de Polícia Civil de João Pessoa.

Além do funcionário do posto, que foi preso às 22 horas desta terça-feira (12), quando chegava para trabalhar no posto do Bessa, os suspeitos são Lucas Vinícius Martins dos Santos, o "Luquinhas", Fabrício Cruz de Araújo, que teria resgatado o trio de suspeitos, após a fuga do local do crime e o capotamento do veículo utilizado na ação. Um terceiro suspeito está foragido. O quarto envolvido, que morreu no local do fato, segundo a polícia, é conhecido como Edgley. Outro homem segue foragido e a polícia suspeita da participação de pelo menos mais duas pessoas.

Após a prisão, funcionário do posto confessou a participação no assalto e disse que teria passado as informações de que a vítima estava indo ao banco com um malote com R$ 300 mil, resultantes da arrecadação do posto no final de semana. Segundo a polícia, o frentista não tem passagem pela polícia e deve ser indiciado por associação criminosa qualificada e os outros presos por latrocínio e associação criminosa. "A pena do crime de latrocínio é bem alta. Pode ultrapassar 30 anos, devido à associação criminosa e os antecedentes criminais", ressaltou o delegado Aldrovilli Grisi. G1 PB

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Sávio Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+