Diálogo de whatsapp aponta que OAS repassou R$ 5 milhões para Temer

Em diálogo de WhatsApp, divulgado esta semana, veio à tona a informação de que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pressionou Léo Pinheiro, da construtora OAS, por ter dado "5 paus para MICHEL (Michel Temer) direto de uma vez" em 2014, ainda quando este era vice-presidente. O motivo da pressão é de que era preciso também receber mais dinheiro para as campanhas de outros integrantes do PMDB.

De acordo com o que foi publicado pelo site Buzzfeed, o diálogo entre Cunha e Léo Pinheiro também levanta a suspeita de que Moreira Franco, hoje o homem-forte do programa de privatizações do novo governo, arrecadava doações para o PMDB de uma empresa concessionária de aeroporto enquanto era ministro da Aviação Civil de Dilma Rousseff

Na conversa, Eduardo Cunha cobra Léo Pinheiro por ter dado R$ 5 milhões para “Michel direto de uma vez, antes”. O tom de Cunha é de inconformismo. O motivo da irritação do deputado é que Léo Pinheiro não havia feito doações a outros dois peemedebistas da “turma”, o atual ministro da secretaria-geral de Governo, Geddel Vieira Lima (BA), e o ex-ministro do Turismo, Henrique Alves (RN). Mídia Bahía

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Sávio Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+