Correios perde espaço para aplicativo que promove entrega de encomendas

Considerado um dos incentivadores para o crescimento das encomendas no varejo online, o serviço e-Sedex dos Correios, criado há 16 anos, chegou ao fim no dia 1º de janeiro, de 2017. Embora o impacto da mudança possa trazer o encarecimento no valor dos fretes em até 30% para os consumidores, empresas alternativas de entrega enxergam novas oportunidades de negócio.

Quando surgiu no mercado, em 2000, o e-Sedex foi considerada uma iniciativa nobre dos Correios por incentivar o mercado de vendas online.

É nesse cenário que o fim do e-Sedex pode ser uma oportunidade, principalmente,  para as empresas que buscaram na inovação uma nova forma de fazer entregas. É o caso, por exemplo, da Shippify, que está desde 2015 atuando em Belo Horizonte com um serviço de entrega colaborativa de mercadorias e documentos.

Por meio do aplicativo da Shippify, ciclistas, motoqueiros, taxistas, motoristas ou quaisquer proprietário de veículos podem fazer entregas em poucas horas. Atualmente, já são cerca de 1,5 mil pessoas em BH que fazem esse tipo de trabalho sem vínculo empregatício.

“Com o fim do e-Sedex, muitas lojas com comércio virtual estão nos procurando”, diz, otimista, o gerente de relacionamento da Shippify, Lucas Grossi. Segundo ele, a empresa já possui 15 mil colaboradores em toda América Latinha e com o fim do serviço dos Correios, eles pretendem crescer mais.

O Eu Entrego, aplicativo de entregas de São Paulo e com atuação em BH, espera um aumento de até 20% na demanda por entregas. De acordo com o proprietário da empresa, João Paulo Camargo, trata-se de uma janela de oportunidades para esse tipo de negócio. Ele explica que o Eu Entrego, que atua também com a ideia de economia colaborativa, pretende “surfar nesta onda”. Bigideia

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Júnior Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+