Homem é tido como morto e perde benefício do INSS

Um erro envolvendo o nome de Valter do Santos Ferreira, 73 anos, levou o idoso a ter seu benefício de aposentadoria suspenso desde o mês de maio deste ano. O homem, que trabalhava como açougueiro, se aposentou há dez anos por invalidez, após ter perdido a visão, segundo informações do site G1. No entanto, ao tentar retirar o valor do benefício, a esposa de Valter percebeu que o valor não constava na conta.

No INSS, a mulher descobriu que o benefício havia sido suspenso, pois no sistema o idoso era dado como morto, com pneumonia com insuficiência renal como causa da morte. No entanto, dados como CPF, RG, estado civil e data de nascimento eram diferentes dos números nos documentos de Valter.

Para restituir a aposentadoria, no valor de um salário mínimo, o homem precisou fazer exames no Instituto Médico Legal (IML) para recolhimento de impressões digitais. O Ministério Público (MP-BA) deu à família do idoso o prazo de 30 dias para resultado dos exames para comprovar se a situação se tratava de um erro do cartório. Além disso, Valter terá que pedir o restabelecimento do valor no INSS de Feira de Santana, cidade a 110 km de Salvador, unidade onde é mantido seu benefício. Fonte: Leia já 

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Júnior Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+