Indigentes se acumulam no IML

A câmara refrigerada do Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife está lotada de corpos. Dezenas, arrisca dizer um funcionário que preferiu não se identificar. O LeiaJá teve acesso a um vídeo recente dos freezers que mostra uma das salas com corpos empilhados no chão. Corpos que deviam ser sepultados em menos de um mês ficam três, quatro meses se acumulando. Após esse período, serão enterrados como indigentes, sem cerimônia ou alguém que lamente a perda.

Para um corpo ser enterrado como indigente, é necessária uma ordem judicial. Já para conseguir essa ordem, alguém do IML tem que resolver a documentação com o cartório de origem do morto - que pode ficar bem longe do Recife, visto que muitos corpos vêm para a capital por falta de estrutura. “Não temos uma equipe especializada em resolver as questões judiciais, aí os corpos vão se acumulando, o grande problema é esse”, diz o funcionário do instituto.

“Quando a família reconhece o corpo e decide deixar para a Caridade porque diz ‘olha, não temos condição de pagar o enterro’, aí entre 15 e 20 dias a Caridade leva. Mas têm corpos que não são reclamados pela família, ninguém aparece. Se ele for de um lugar próximo, Vitória de Santo Antão ou região metropolitana, aí ainda se resolve em dois meses. Mas se for um lugar longe, aí passam três, quatro, cinco meses lá esperando”, conta o funcionário.

Com estrutura deficitária, o IML também não possui setor responsável por procurar famílias de pessoas não reclamadas, mas que chegaram ao IML portando documentos. Ninguém faz isso. Um número significativo de pessoas é enterrada como indigente, mesmo estando identificada. Acabam no cemitério Parque das Flores, na Zona Oeste do Recife. Fonte: Leia já 

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Júnior Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+