App que promete entregas em menos de 1 hora já conta com mais de 2 milhões de usuários

Os empresários colombianos Símon Borrero, Sebastian Mejía e Felipe Villamarin perceberam que menos de 4% das pessoas compravam alimentos, bebidas e itens de cuidado pessoal pela internet. Segundo eles, o principal motivo era que os sites não tinham uma interface e logística adequadas para atender quem buscava esses produtos. “Comprar comida não é como comprar um computador. As pessoas não estão interessadas em ler avaliações sobre os cereais que comem todo dia, nem dispostas a aguardar dias pela entrega do produto”, afirma Borrero. Pensando nisso, os sócios criaram o Grability, aplicativo que chegou a 17 países possibilitando a compra de itens de supermercado com poucos cliques.

Com o sucesso do negócio, que atualmente oferece serviços para grandes varejistas de países como Espanha, Nova Zelância e Índia, o trio percebeu a possibilidade criar um novo produto para atender as necessidades dos consumidores da América Latina.

“As pessoas queriam uma nova experiência em relação a compras de supermercado online. O Rappi nasceu como um experimento para mostrar aos nossos clientes como a operação deveria ser feita”.

Lançada em 2015 na Colômbia, a plataforma disponibiliza delivery 24 horas em cinco categorias: Supermercados, Farmácia, Restaurante, Bebidas e O que você deseja. Nesta última categoria, aliás, os consumidores podem solicitar a entrega de qualquer produto, até mesmo itens inusitados como preservativos e piscinas de plástico. 

“Nós expandimos a oportunidade de compra dos clientes. Antes do Rappi, se eles queriam comprar algo, tinham que ir até uma loja física. Com isso, muitos desistiam de comprar. Nós trazemos o que os clientes desejam em menos de uma hora”.

De acordo com os criadores, o Rappi nasceu com um investimento pequeno, com apenas quatro entregadores no começo das atividades. Em menos de cinco meses, 200 mil pessoas já estavam cadastradas na plataforma. Esses números promissores fizeram com que a startup fosse aceita na YCombinator, uma das mais importantes aceleradoras de startups do mundo.

“Depois de três meses de trabalhado duro e um grande networking, o programa rendeu quase 160 propostas de investimentos, algo que mudou nosso futuro”, diz Borrero. Após o evento, a Rappi recebeu uma rodada de investimentos de empresas como a Andreessen Horowitz, Monashees, ONEVC e Sequoia Capital.  Ao todo, mais de 50 milhões de dólares já foram investidos na empresa. 

Ao contrário de outros apps, a startup não cobra taxas dos entregadores, mas sim das empresas parceiras que vendem seus produtos por meio da plataforma. Marcas também podem pagar para colocar anúncios no aplicativo para destacar seus produtos. 

De acordo com os fundadores, a startup que já está presente nas principais cidades da Colômbia e México,  e chegou em julho deste ano a São Paulo, tem crescido 35% por mês. O objetivo agora é expandir os serviços para outras capitais do Brasil. Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios 

Contato com o Blog: redacaojuniorduarte@gmail.com
Telefone:(81) 9 8779-3763
Google +

Quem é Júnior Duarte

Um cidadão que acredita no poder da transformação das coisas e das pessoas através do pleno conhecimento dos direitos e deveres de cada um. Meu maior instrumento de luta por uma sociedade justa e igualitária é a informação livre e imparcial.
    Comente com o Google+
    Comente com o Facebook

0 comentários :

Enviar um comentário

Os comentários aqui postados, são de inteira responsabilidade de seus autores.

Copyright © BLOG JÚNIOR DUARTE
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL
HOME     PERFIL     VÍDEOS     ENTREVISTAS     CONTATOS
facebook    twitter        soundcloud    youtube    google+